Quais as vantagens do aparelho ortodôntico autoligado?

Dentre os diversos modelos de aparelhos ortodônticos existentes, o aparelho autoligado surge como uma técnica moderna e repleta de vantagens, tanto para dentistas quanto para pacientes.

No entanto, por ter um custo mais elevado que os aparelhos tradicionais, há dúvidas sobre o investimento.

Afinal, vale a pena investir no aparelho ortodôntico autoligado?

Continue lendo para descobrir!


O que é o aparelho autoligado?

O aparelho autoligado é um tipo de aparelho ortodôntico que se difere do convencional por ter “clipes” nos bráquetes que prendem os fios, ao invés das borrachinhas.

Uma das grandes vantagens estéticas do aparelho autoligado é a ausência do uso das tradicionais “borrachinhas”. O fio do aparelho passa diretamente por dentro de canaletas e é preso pelas tampas do bráquete, dispensando o uso do acessório. Por não ter as borrachas, o aparelho é mais discreto e higiênico. O fio pode, ainda, ser de material translúcido, sendo desta forma mais atraente esteticamente.

Outra vantagem é a redução do tempo de tratamento. Por ser mais moderno e mais eficiente, em grande parte dos casos, o tempo de uso é reduzido. Por outro lado, é necessário procurar sempre por um profissional qualificado para este tipo de tratamento pois, se mal aplicado, o aparelho autoligado pode gerar dificuldade de controle da movimentação dentária, o que pode atrasar o tratamento, gerando mais custos.

Com a existência de um menor atrito entre as estruturas do aparelho e a possibilidade de se aplicar a força adequada para a movimentação dentária a ser obtida, os danos aos tecidos que circundam os dentes (ossos, gengivas e ligamentos periodontais) serão menores, causando movimentações mais rápidas e eficientes e ao mesmo tempo menos efeitos colaterais que possam causar dor.

As principais vantagens do aparelho autoligado

  • Tratamento menos dolorido e mais confortável
  • Mais higiênico
  • Em média, mais rápido que o tratamento convencional
  • Bráquetes menores, aparência mais discreta
  • Menos visitas de manutenção

Tipos de aparelho ortodôntico autoligado

Existem dois tipos distintos de sistemas de aparelhos ortodônticos autoligados, que são o passivo e o interativo.

Os passivos são aqueles em que o sistema de fechamento do clip na canaleta do braquete não faz pressão sobre o fio ortodôntico, tendo um melhor desempenho no deslizamento dentário e pior no controle de rotação e inclinação dos dentes.

Os interativos se comportam como ativos e passivos, e as presilhas flexíveis que fecham a canaleta podem pressionar ou não o arco, dependendo do seu calibre.

Apesar de todas as vantagens do aparelho ortodôntico autoligado, o paciente deve-se lembrar que apenas um especialista pode indicar qualquer tipo de tratamento ortodôntico.


Gostou? Compartilhe!

AGENDE SUA AVALIAÇÃO