Cárie em crianças: como prevenir

A alimentação saudável deve ter início logo nos primeiros meses de vida da criança. Com a grande oferta de produtos industrializados, os pais devem estar atentos aos alimentos ricos em carboidratos, em especial os açúcares, que são os grandes vilões da saúde bucal.

Uma má alimentação, junto da falta de escovação dental adequada, bactérias se proliferam na boca e levam a desmineralização do esmalte dental, o que favorece o surgimento de cáries.

O quadro piora quando os pais oferecem mamadeira antes de dormir ou durante a noite, pois durante o sono o efeito protetor da saliva está ausente e o contato do leite com os dentes permanente, visto que o fluxo de saliva é reduzido, favorecendo a ação cariogênica.

Nesta faixa etária, o leite não é o único vilão da dieta quando falamos em cárie, outros alimentos, como achocolatados, suco de frutas, chá adoçados, leites fermentados e bebidas açucaradas como refrigerante, sucos e néctares também merecem atenção.

Doces pegajosos e acaramelados grudam na superfície dos dentes. Os doces pegajosos dão aos dentes um longo banho de açúcar, porque ficam na boca por mais tempo que os alimentos que são mastigadas e engolidas rapidamente. Uma criança produz ácidos daninhos em sua boca cada vez que masca balas. Os ácidos continuam afetando seus dentes por 20 minutos antes de serem neutralizados e deixar de causar dano. Isso quer dizer que quanto mais doces se come durante o dia, com maior frequência alimentam as bactérias que causam as cáries dentais.

Prevenção

Alguns fatores que podem ajudar a prevenir cáries são os check ups regulares feitos pelos dentistas, uma dieta baixa em açúcar e doces (incluindo suco de frutas), além da escovação diária com pasta. O exemplo dos pais também conta muito nesta fase. Ensine seu filho a escovar os dentes da maneira correta, inclua brincadeira s e histórias para tornar o hábito mais divertido.

E, lembre-se: se seu bebê usa chupeta, nunca mergulhe-a em mel ou outro líquido doce.

Continue lendo:
O que pode causar a dor de dente?
Os 5 Principais Motivos do Amarelamento dos Dentes

Gostou? Compartilhe!

AGENDE SUA AVALIAÇÃO