Para que serve o “aparelho do céu da boca”?

Você já ouviu falar em “aparelho do céu da boca”? O expansor normalmente é recomendado quando há estreitamento do palato, que resulta em outros problemas como mordida cruzada, dentes apinhados, prejudicam a função mastigatória e até mesmo a fala. No caso da mordida cruzada entre os dois arcos, pode atrapalhar o crescimento dos dentes permanentes.

Na maioria dos casos expansor é indicado para crianças e pré-adolescentes, porque nesses casos a junção dos ossos faciais não está totalmente formada. Ele é uma placa fixada no céu da boca, e age para ajudar na falta de espaço entre os dentes. Ao mesmo tempo que pode ser usado antes do aparelho convencional, ele também pode ser o único necessário. Neste texto vamos falar um pouco mais sobre a utilidade e benefícios desse tratamento.

O que é o aparelho expansor, ou “aparelho do céu da boca”?

O aparelho expansor é uma solução para problemas no estreitamento do palato. Ele pode tanto ser utilizado no céu da boca, como ter uma placa de acrílico que prende aos dentes laterais. Em uma linguagem mais clara: ele irá alargar a arcada dentária para dar espaço aos dentes que estão nascendo. Esse aparelho é indicado para pessoas que têm disfunções no céu da boca, que pode resultar em mais problemas.

Qual a função e quem deve usar?

Esse aparelho vem para solucionar problemas de mordida cruzada. Mas lembre-se que o único que saberá em quais casos ele deve ser usado é o ortodontista. O profissional de saúde bucal indicará o espaço ideal que deve ser aberto e o tempo de utilização do aparelho. Além da mordida cruzada, normalmente ele é indicado para pessoas que sofrem com disfunções no céu da boca, bruxismo, também para consertar e reposicionar os dentes entrecavados e tortos.

Benefícios

Após o uso do aparelho extensor os pacientes podem ter as seguintes melhorias na saúde bucal. Uma delas é na mastigação, pois após alinhar os dentes, o tratamento vai possibilitar que os pacientes que tinham problemas com dentes tortos e entrecravados tenham uma melhor mastigação, pois facilita a trituração dos alimentos sem causar desconforto. A fala também é beneficiada, já que ela é afetada quando os dentes estão mal posicionados. Isso acontece por causa de distúrbios com a língua e com a respiração, mas tais problemas são solucionados após o uso correto do aparelho.

Quais cuidados tomar com o aparelho?

O responsável por fazer a manutenção do aparelho extensor é o ortodontista, durante as consultas. Já o paciente fica responsável pela boa higienização e por outros cuidados para evitar danos ao dispositivo, como evitar mastigar alimentos muito duros. Lembramos também que o bom resultado do tratamento dependerá das idas regulares ao profissional de saúde bucal.

Tem mais dúvidas sobre o assunto? Entre em contato com a Coife Odonto mais próxima e agende uma avaliação para saber se esse tratamento é indicado para você.

Gostou? Compartilhe!

AGENDE SUA AVALIAÇÃO