Por que os dentes ficam amarelados?

Vilão dos sorrisos, os dentes podem ficar amarelados por vários motivos, como alimentos, bebidas, medicamentos e hábitos ao longo do tempo.

Além dos fatores externos, com o passar do tempo os dentes permanentes também apresentam também uma propensão natural para escurecer ou para ficar amarelados, já que a camada de esmalte dentário que reveste a coroa dos dentes vai sofrendo um desgaste natural. Como esta é translúcida, vai deixando assim transparecer a camada mais interna de dentina que apresenta uma tonalidade mais amarela do que o esmalte que o cobre.

O problema de amarelamento dos dentes pode surgir inicialmente a partir de uma única mancha amarela, e tende a acontecer mais facilmente na parte interior dos dentes por se tratar de um local que facilita a retenção e é mais difícil de higienizar.

Alguns hábitos acabam favorecendo o escurecimento e pigmentação dos mesmos. A ingestão de café, chá, vinho tinto, determinados refrigerantes, assim como a ingestão excessiva de flúor e de alguns medicamentos. Os fumantes são também um dos alvos de maior risco de manchas nos dentes.

Existem também outras causas que podem promover esta situação, como por exemplo a demora ou insucesso no tratamento de canal ou dentes com necrose da polpa, nomeadamente provocada por traumatismo, que acabam também por ficar acinzentados ou amarelados com o decorrer do tempo.

Em todo caso, consultar um dentista a pelo menos cada 6 meses é o indicado para manter sua boa saúde bucal. Conheça como a Coife Odonto pode ajudar a manter o seu sorriso.

Gostou? Compartilhe!

AGENDE SUA AVALIAÇÃO