Quais são os tipos de coroas dentárias?

A coroa dentária é a parte superior dos dentes, que dá o formato de acordo com a função que ele deve exercer ― os da frente, mais afiados para cortar; os de trás, retos para triturar. Mas, por conta de cáries, traumas ou outros problemas, ela pode ser comprometida e, com ela, muito da estética e função dental também. Para resolver o problema e reabilitar o sorriso, são utilizadas as próteses de coroas dentárias.

A prótese de coroa dentária funciona como uma espécie de capa, que reveste o dente natural para recuperar suas funções. E elas não são novidade nos consultórios odontológicos. As coroas dentárias já são utilizadas desde o fim do século XX, mas isso não quer dizer que a tecnologia não tenha mudado. Hoje, elas são mais resistentes e, principalmente, mais estéticas, possibilitando um visual bem mais natural.

Quais os tipos mais comuns de coroa dentária?

Como a coroa dentária precisa revestir o dente, é necessário algo que a “cimente” nele. Uma série de materiais podem ser utilizados para essa finalidade, sendo que eles também podem interferir no resultado estético, que também é muito importante para quem busca reabilitar o sorriso. Conheça os principais tipos de coroa dentária abaixo.

Provisória

A provisória, como o próprio nome diz, não vai ficar para sempre no dente. Ela é uma espécie de saída de emergência para pacientes que tiveram algum tipo de trauma, ou outro problema em dentes anteriores (os dentes que ficam na frente) e precisam sair do consultório odontológico reabilitados, mesmo que provisoriamente.

Resina

Esta é uma das opções mais comuns por conta do seu preço, que é bastante acessível. Porém, ela apresenta algumas desvantagens: a resina é um material bastante poroso, que absorve substâncias com muita facilidade, e isso pode fazer com que a coroa seja fonte de mau hálito.

Outra consideração a respeito da coroa dentária de resina é em relação a sua durabilidade, que é bem menor, uma vez que o material desgasta e pode quebrar com facilidade. Não à toa, esse é o material utilizado nas coroas provisórias!

Totalmente em metal

O mais antigo tipo de prótese de coroa dentária ainda é utilizado, embora cada vez menos escolhido pelos pacientes. A principal razão está no fator estético, já que a cor do metal contrasta bastante com a cor natural dos dentes, então, a prótese será quase sempre visível. Mas, ainda existem alguns casos em que seu uso é aconselhado, como quando o espaço entre os dentes é muito pequeno.

Metalocerâmica

No caso das coroas dentárias metalocerâmicas, essa liga é feita pela infraestrutura em metal, que é coberta por cerâmica. É o tipo mais utilizado por ser resistente e proporcionar uma boa estética, além de bastante recomendadas para pacientes com bruxismo.

Zircônia

Esse material foi considerado uma grande revolução! As coroas de zircônia são resistentes e altamente estéticas. Neste tipo de coroa dentária, não há a presença de metal na estrutura interna, o que possibilita a passagem da luz pela prótese, deixando-a da exata mesma cor do dente natural. O material também não causa do surgimento de manchas acinzentadas próximas à gengiva e, por não levar metal na fabricação, não causa alergias.

Cerâmica

Feitas de porcelana, essas coroas dentárias são inteiramente confeccionadas com o mesmo material, não contendo metal na infraestrutura, o que as tornam ainda mais parecidas com os dentes naturais.

São bastante indicadas no tratamento dos dentes anteriores, mas caso o paciente tenha problemas com mordida muito forte ou ranger de dentes, é aconselhado um outro tipo, mais resistente.

Gostou? Compartilhe!

AGENDE SUA AVALIAÇÃO