Qualquer pessoa pode fazer um Implante Dentário?

Sim, qualquer pessoa pode fazer implante dentário. Desde que, após ser examinada por um dentista, o diagnóstico seja positivo em relação à essa necessidade. 

Muito além da estética de um belo sorriso, a saúde é fundamental. A necessidade de extração de um dente, em grande parte dos casos, vem acompanhada de complicações doloridas com cáries e outras doenças bucais.

A perda ou extração de dentes podem ter diversos motivos e a falta de um ou mais dentes pode prejudicar toda a estrutura bucal, comprometendo a mastigação e trazendo outra série de problemas para a sua saúde.

Nestes casos, a recomendação do implante dentário pelo profissional é a melhor saída. Mas afinal, implante dentário é para todo mundo? Quais os fatores que impedem a realização do tratamento?

Quais as restrições para Implante Dentário?

Dentre as contraindicações para o uso estão pacientes com histórico de infarto, insuficiência cardíaca, valvulopatias, câncer desenvolvido, hemofilia, anemia, osteoporose, diabetes e AIDS.

Além disso, grávidas e idosos precisam de mais atenção, já que são propensos a terem alterações do metabolismo. É indicado que a grávida aguarde até o fim da gestação e quem tem idade avançada receba um planejamento para outro tratamento reabilitador, como as próteses totais. Pacientes que estejam fumando ou ingerindo bebidas alcoólicas também não podem receber implantes, devendo interromper seus hábitos e fazer acompanhamento até que estejam aptos.

Como em qualquer tratamento, o paciente deve se consultar com um profissional para saber se poderá realizá-lo. É ele quem irá analisar se a pessoa possui uma boa saúde dos tecidos periodontais (ao redor da gengiva); não ter infecções ósseas agudas e crônicas na região do implante ou próximas; não ter alterações sistêmicas, como insuficiência cardíaca e câncer; e ter uma liberação médica (caso tiver com um acompanhamento médico).

Além destes fatores, é necessário que o paciente já tenha idade mínima adequada para a realização da cirurgia, além de já ter desenvolvido a fase de crescimento ósseo para a colocação do implante.

Importante ressaltar que todos estes fatores só poderão ser analisados por um profissional. Por isso, lembre-se: consulte sempre um dentista de sua confiança.


Dúvidas? Agende sua avaliação na Coife Odonto!

Gostou? Compartilhe!

AGENDE SUA AVALIAÇÃO