O que são os Royalties cobrados pelas Franquias?

Quem pensa em investir em uma franquia, analisar a sua viabilidade é um dos primeiros passos para iniciar o projeto. Conhecer as taxas de royalties aplicadas pela franquedora é essencial para isso.

Entre as diversas taxas cobradas em uma franquia, os Royalties figuram como a taxa mais importante, depois da Taxa de Franquia, e possuem um impacto significativo sobre os resultados.

O termo Royalty, tão utilizado atualmente em diversos setores da economia, tem na verdade origem na língua inglesa, derivado da palavra royal que se refere a alguma coisa que seja de propriedade ou direito do rei.

Taxa de Royalties é estabelecido em Lei

No caso das franquias, o melhor caminho para definir o que é Taxa de Royalties é pegarmos justamente o que ficou estabelecido na Lei 8.955/94, que regulamenta o setor no Brasil. Segundo o texto da lei, a “ Taxa de Royalties é a remuneração periódica paga pelo franqueado pelo uso do sistema, da marca ou em troca dos serviços efetivamente prestados pelo franqueador”.

Nela estão embutidos valores como a consultoria dada pelo franqueador no caso de serviços de pré inauguração, treinamentos, suporte na escolha do ponto comercial, elaboração do projeto arquitetônico e outras despesas.

Com a Taxa de Royalties, o franqueado estará pagando pelo uso da marca, pelo suporte oferecido pelo franqueador ou produtos por ele fornecidos, dependendo do tipo de modelo de cobrança de royalties estabelecido no contrato de franquia.

Existem diferentes modelos de cobrança dos royalties. Cada franqueadora adota a forma mais adequada ao seu modelo de negócio. Veja os principais:

Percentual sobre o faturamento ou lucro – Nesse modelo o franqueado paga um determinado percentual sobre o faturamento ou sobre o lucro da unidade franqueada. É o modelo mais usado para a cobrança desta taxa.

  • Valor fixo– A franqueadora determina um valor fixo mensal a ser pago como taxa de royalties, independentemente do resultado da unidade. É muito comum encontrarmos este modelo de cobrança de royalties entre as franquias online.
  • Valor mínimo ou percentual– Esse é um modelo híbrido adotado por algumas franquias em que a taxa de royalties pode ser cobrada tanto por um valor fixo quanto um percentual sobre as vendas, o que for maior.
  • Percentual sobre compras– Esse é um modelo muito comum entre as franquias de produtos e também nas franquias de idiomas, de forma indireta. Nelo o franqueado paga uma taxa sobre os produtos que adquire da franqueadora. É também chamada de Taxa de Compras em alguns casos.

Franquia Odontológica Coife Odonto

Com o mercado odontológico cada vez mais competitivo, investir em uma franquia odontológica é uma grande sacada para quem quer um negócio seguro na odontologia.

Ao se tornar um franqueado, o dentista tem à sua disposição todo o conhecimento de uma empresa que entende do negócio e possui estrutura para ajudá-lo a crescer como um empreendedor na odontologia.

A Coife Odonto Clínicas Odontológicas, com mais de 20 anos de atuação e presente em mais de 310 cidades do país, oferece modelos de franquia odontológica de acordo com a sua necessidade. Além de contar com expertise dos profissionais que compõem a equipe, o empreendedor tem direito a treinamentos específicos e materiais especialmente elaborados para impulsionar o sucesso da sua clínica odontológica.

Algumas vantagens:

  • Suporte e treinamento desde a implantação até a gestão
  • Investimento com retorno
  • Equipe de marketing à disposição
  • Equipe de campo para suporte “in loco”
  • Tecnologia aplicada à gestão da clínica e aquisição de clientes
  • Fornecedores homologados para aquisição de equipamentos de qualidade

Conheça mais: https://coifeodonto.com.br/franquia-odontologica/

E-mail: sejafranqueado@coifeodonto.com

 

Gostou? Compartilhe!

Cadastre-se e receba dicas sobre odontologia e saúde bucal